quinta-feira, 23 de julho de 2009

As pessoas!

Ainda há pessoas capazes de me surpreender...
Num mundo em que cada um se preocupa mais consigo próprio do que com o 'bem comum', num mundo onde para se elevarem espezinham quem quer que seja, onde os sentimentos não interessam nada, onde se grita com quem não merece e onde se esquece as coisas importantes do dia-a-dia, num mundo onde é mais fácil fingir que não se vê um colega no elevador do que dizer bom dia e esboçar um sorriso apesar de ser muito cedo de manhã e ser dificil esquecer a caminha...
Neste mundo onde há dias em que nos apetece sériamente encarar com as pessoas irritantes ao 'chapadão', chega-se a 'casa', a uma reunião que prometia ser 'menos fácil' (para não dizer díficil) e encontra-se gente 'do bem'!!!
Gente capaz de abdicar das suas férias para ir passar um fim de semana na mata a vigiar (prevenção de incêndios), capaz de passar 3 ou 4 fins de semana seguidos (daqueles com bom tempo para ir para a praia) a servir os outros, gente com bom coração que prometeu fazer da melhor vontade aquilo para que fôr chamado!!!
É impossivel não estar agradecida por fazer parte deste projecto!!!
É nestas alturas que as coisas chatas do mundo se tornam pequeninas perante a grandeza de homens e mulheres simples que tentam fazer do mundo um sitio melhor!!!
São também esses homens e mulheres que tornam o meu mundo mais feliz ;)
THKS 272

1 comentário:

Francisca disse...

Ora ainda bem que resolveste por este post! O blog não é meu, mas eu arrendei ou aluguei (depende se é um bem móvel ou imóvel) uns bocadinhos... Desde a passada 6ª feira que queria dizer umas coisas sobre isto e assim vem mesmo a calhar!
Eu quero começar por dizer que percebo que na vida todos temos que tomar opções, todos temos que fazer escolhas, todos temos prioridades! Eu própria tenho constantemente que fazer escolhas, que fazer opções, que estabelecer prioridades (embora algumas estejam definidas à partida)... Por isso sei que não é fácil, mas quem é que disse que a vida é fácil? Por isso é que ela é tão boa de se viver!
Mas ponho-me a pensar no que é que nos move: será que só faço aquilo que faço porque toda a gente que conheço faz, ou será que o faço porque me faz sentir bem, ou ainda porque sei que assim faço outras pessoas um bocadinho mais felizes? Eu, só posso falar por mim, não faço as coisas porque toda a gente que conheço faz. Isso, felizmente, é um ponto assente! Bem ou mal, tomo as minhas decisões sozinha e escolho aquilo que devo ou não fazer, independentemente de quem está comigo! É mau feitio? Pode ser, mas é personalidade e ainda bem que assim é!
Se faço sa coisas porque sei que assim "deixo o mundo um bocadinho melhor do que aquilo que o encontrei"? Nem sempre, mas gosto de pensar que às vezes sim! Que às vezes vou fazer fins-de-semana de vigia de incendios, quando podia ir para a praia, que há Sábados e Domingos em que acordo às 7h da manhã, quando podia ficar na cama até às 11h (e acreditem que preciso), que deixo de lado o cinema, o sofá e até algumas pessoas que amo, porque sei que isso é importante!
Não sou moralista, nem nada que se pareça, mas acho que é bom as pessoas pensarem nessas coisas de vez em quando!